Seguidores

terça-feira, 16 de março de 2010

Pasta Italiana Super Simples

Foto: Google Imagens

“Pasta bianca - óleo e parmeggiano” (parmeggiano = queijo parmesão ralado)

Vi meu noivo preparando uma pasta rápida e fiquei perplexa como os italianos gostam de pasta e como esse prato é tão importante na mesa deles, fazendo-os comer "todos-os-dias". A pasta é o primeiro prato e o segundo é uma salada ou verdura e vem acompanhada de um tipo de carne. Penso que seja assim em todo lugar da Itália.
Segundo meu noivo, numa casa italiana NUNCA pode faltar: pasta, molho de tomate, óleo de oliva e alho.

Para quem quer um "verdadeiro" prato italiano extremamente simples, rápido, gostoso e barato, aí vai:
Depois da água em ebulição coloque a pasta de seu preferência deixando-a cozinhar, colocando sal a gosto.
(Pelo amor de Deus não coloque óleo na água, com aquela história de que a massa vai grudar, pois massa boa não gruda, para isso use a massa Barilla, típica pasta italiana e das boas, usada nos melhores restaurantes daqui da Itália e se pode encontrar facilmente no Brasil, nos supermercados.)
Quando estiver no ponto que vc gosta, al dente ou um pouco mais cozida, coloque diretamente no prato.
Depois acrescente óleo de oliva extra virgem e bastante queijo parmesão ralado.

ECO LO QUA! Está pronto! Uma delícia e simplesinho assim. Comi ontem no almoço e no jantar, pois estava com preguiça de cozinhar e com desejo de comer este prato.
Observo que cozinhar na Itália é mais que uma arte, todo detalhe faz diferença no gosto italiano. Aprendi e entendi aqui tanta coisa de culinária... Eles são muito delicados ao cozinhar.

Para acompanhar um bom vinho, italiano de preferência.
Aqui conheci um simpático professor, amigo de meu noivo, dono de uma vinícola que produz um vinho delicioso, Muffato della Villa. A vinícula se chama "Villa Puri". Mas acho que não se encontra esse vinho no Brasil.

É incrível como nos habituamos com os costumes de outro lugar, mas a saudade do arroz com feijão do Brasil permanece. São também memórias do paladar da infância, que estão submersas até no corpo físico. Não adianta, eu sou muito brasileira, com muito orgulho.
@@@@@@@@@


[Primoca, você não vai querer comer, não é? Você não gosta de parmeggiano. Que absurdo! rsrs]

Por Cintia Liana

2 comentários:

Carina Tavares disse...

Cintia muito obrigado pela dica,tô precisando saber de tudo um pouco sobre a gastronomia da Itália!!! É muito dificil achar o certo na internet,será que podemos trocar algumas idéias?? Beijocas

Cintia Liana disse...

Querida, obrigada pela visita. Podemos trocar idéias sim
Me escreva quando quiser p cintialrdesilva@yahoo.com. Um abraço.