Seguidores

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Eu Ando pelo Mundo

Foto: Cintia Liana
Livro da foto: Viva Picasso, David Douglas Duncan, Círculo do Livro (comemoração de um centenário, 1881-1981)

"Eu ando pelo mundo prestando atenção em cores que eu não sei o nome. Cores de Almodóvar, cores de Frida Kahlo cores... Passeio pelo escuro, eu presto muita atenção no que meu irmão ouve e como uma segunda pela, um calo, uma casca, uma capsula protetora... Ah, eu quero chegar antes, pra sinalizar o estar de cada coisa, filtrar seus graus. Eu ando pelo mundo divertindo gente chorando ao telefone e vendo doer a fome dos meninos que têm fome. (...)

Eu ando pelo mundo... E os automóveis correm para quê? As crianças correm para onde?
Transito entre dois lados. De um lado... Eu gosto de opostos. Exponho o meu modo, me mostro, eu canto para quem? (...)

Eu ando pelo mundo... E meus amigos, cadê? Minha alegria, meu cansaço...
Meu amor cadê você? Eu acordei, não tem ninguém ao lado."

(Música "Esquadros" de Adriana Calcanhoto, em partes que agora estou sentindo)

Foto: Getty Imagens

Amore, che nostalgia! Presto ci vediamo, amore mio!

@@@@@@@@@@@


"Tem paciência com tudo não resolvido em teu coração e tenta amar as perguntas em ti, como se fossem quartos trancados ou livros escritos em idioma estrangeiro. Não pesquises em busca de respostas que não te podem ser dadas, porque tu não as podes viver, e trata-se de viver tudo. Vive as grandes perguntas agora. Talvez, num dia longínquo, sem o perceberes, te familiarizes com a resposta."

(Rainer Maria Rilke)

Por Cintia Liana

2 comentários:

Mosaico Cultural disse...

Olá. Estava lendo alguns textos do seu blog e não pude deixar de comentar em ao menos um dos posts. É muito bom ver que você está em um período de auto conhecimento, novas descobertas assim como eu. Gostaria de destacar a sua linda iniciativa com o grupo psicologia e adoção, tenho a certeza de que é um projeto que contribui muito para a melhoria da sociedade. Se os EDUCADORES resolvessem por em prática aquilo que ensinam aos estudantes (compreensão, atitude, respeito), as mazelas sociais seriam amenizadas drasticamente. Estou acompanhando esse e o outro blog (psicologia e adoção), gostei demais do conteudo dos dois, parabéns.

Um abraço. ^^

Isabel Lima - Estudante 5º semestre de Engenharia Civil (UFMG)

Rosa dourada disse...

cara amiga Cintia compartilhei ontem desse mesmo sentimento de indagãções sem respostas, de solidão sem está só e achei pertinente essa musica de Adriana calcanhoto ela é perfeita.