Seguidores

sábado, 15 de outubro de 2011

Aceitando a inveja

We Heart it

O que são as pessoas que não te querem bem em comparação as que te amam? Pense nisso quando sentir o peso de quem te olha, te difama, critica, ou quando ouvir a risada alta de quem quer te ridicularizar, quando, ao invés de rir, tem vontade de chorar de tanta raiva de teu brilho, de urlar de revolta do que você “pode”, é uma risada de pânico, de desespero, de negação, desvaloriza o que você faz, ignora o que você é.

Quanto mais você tiver beleza, sucesso na profissão, vitalidade, criatividade, felicidade no amor e for realmente muito feliz, mas deverá saber conviver e “aceitar” a inveja alheia ou viverá em eterna guerra psicológica. Ou prefere não ter nada disso? Porque a inveja alheia sempre irá existir, não dá para fazê-la desaparecer, mas você não pode sabotar a sua felicidade, pois a inveja existe e é muito potente, mas só faz mal a quem a sente quando você aprende a não se incomodar mais com ela, a aceita e sente que merece ser feliz, sem culpa pelo outro não estar bem, “cada qual tem a vida que busca e que é capaz de ter naquele momento”, como sempre digo.

Mesmo que você tente conquistar a pessoa que a sente, valorizando-a, tentando quebrar com a energia de competição que ela alimenta com você, pode ser que ela não queira romper com esse sentimento, é um direito que ela tem de continuar sentindo algo tão destrutivo, é o limite dela. A energia em que ela está habituada a viver é remoer a raiva, a crença secreta de que o outro não merece aquilo que tem, ela acredita que é ela quem merece, mas que está sendo injustiçada pela vida por isso não tem o que a vida te deu. Nessas horas não se deve mais olhar o outro, deve se concentrar somente em você, em continuar a se realizar.

Quando, por algum motivo, você sentir inveja de alguém, se concentre no fato de que você é único, que tem tanto de belo e que o outro tem o direito de brilhar e também de ser feliz, que isso não precisa representar uma emeaça para ti. Encare o sucesso alheio com jóia, encantamento e felicidade, aceite-o de coração aberto, aprenda, sem armas. No início é difícil, depois tudo se abre, isso traz um alívio para toda a vida. Busque os caminhos que te pertencem, nesse quesito cada um tem os teus, não tem como comparar, querer trocar os fatos, ser ou viver a vida o outro.

Um grande amigo, também psicólogo, que me quer muito bem me falou esta semana: “quando você disse que se afastaria do facebook eu fiquei até feliz porque aqui no Brasil a felicidade alhei se tornou uma espécie de ofensa pessoal”. É exatamente isso, no Brasil e fora dele. Deixar de ser feliz não, mas aprender a se proteger e a não mostrar tanto o que você conquistou às pessoas que não te querem bem. O que você tem foi conquistado por ti, com cuidado, fé, trabalho, tempo, esforço, merecimento, maturidade e consciência. Valorize isso e viva! Essa é uma conquista diária. E o que você aprende é teu e ninguém pode tirar.

Por Cintia Liana

5 comentários:

Entrepsi disse...

Minha querida,
Cada vez mais lindo o seu blog ...
Vc é realmente uma fina presença!
Adorei o texto! Que tal um próximo livro para o assunto?!
Bjs, Ray

Cibele Moreira Machado disse...

Adorei o Blog e já estou t seguindo. Boas palavra! O mundo anda tão de cabeça pra baixo! as vezes eu sinto como se as pessoas tivessem perdendo a humanidade. Falta amor, solidariedade, compaixão...

Bjo
http://sempreglamm.blogspot.com/

Cintia Liana disse...

Meu amigo, sempre tão afetuosos, obrigada! Hum, sabe que é uma boa idéia? Nossa, muito boa. Vamos escrever juntos? rsrs Olha, amigo, é muito boa a idéia! Bjs.

Cintia Liana disse...

Cibele, vou visitar teu blog tbm. Verdade, muitas pessoas estão perdidas demais, infelizes, acredito que hoje vemos mais isso por causa da facilidade em obter informações, as pessoas tbm estão mais abertas, então podemos nos deparar mais claramente com esses setimentos.
O bom de ver é que muitos buscam mudar a realidade. Não perdamos nunca a esperança de dias melhores.
Um abraço, querida!

Cris . disse...

Amiga que texto LINDO!! Realmente nao devemos ter medo de pessoas que nutrem este sentimento tao pequeno (inveja), e deixar assim de ser feliz e completas em todos os sentidos!! É tudo conquistado com tanto amor, paciencia, dedicacao, com fé na vida, em Deus e em nós!!Beijos no coracao e fica com Deus!!